A arte no sexo ou o sexo na arte

By Luiz Valério sexta-feira, 12 de setembro de 2008
Estudantes e professores da Universidade Federal de Roraima foram surpreendidos com uma exposição de pintura mural feita por acadêmicos nas paredes daquela de instituição de ensino superior.

As pichações tinham tema erótico e motivaram uma polêmica no ambiente acadêmico local.



O coordenador da iniciativa artística "incompreendida" foi o professor Roberto Mibielli.

No meio de citações de Fernando Pessoa e outros renomados poetas estavam lá duas pinturas de um grande falo e de uma vagina, legendadas por frases filosóficas como "todo mundo veio ao mundo de uma trepada".

A iniciativa artístico-filosófica causou indignação em alguns estudantes, inclusive acadêmicos de jornalismo, como é o caso da colega Tiana Brasão:

A ‘manifestação cultural’ não me deixou somente indignada, me ofendeu e me deixou triste. Alguém tentou me explicar que, no final do ano, uma nova pintura vai resolver meu problema. Mas até lá, muitas pessoas vão querer conhecer a Universidade Federal de Roraima, o Bloco I, que acomoda os cursos de Relações Internacionais, de Ciências Sociais, Cursos de Mestrado entre outros.

(...)

O que é bonito para alguns, pode ser absolutamente ridículo para outros. E é bom que haja uma boa explicação para o pensamento pornográfico expressado na parede.


Seria um surto de vandalismo, como supõe a colega Tiana? Ou uma manifestação artística de estudantes universitários cheios de criatividade?

O sexo sempre serviu de insparação para a arte e a arte sempe esteve presente no sexo, desde que o mundo é mundo, mas a ousadia dos alunos da UFRR causou rubor em algumas pessoas pudicas.

As pichações nas paredes da Universidade Federal, se não tê valor artístico, pelo menos conseguiram sacudir ambiente acadêmico. Quem sabe está nascendo um nova vanguarda artística a partir da sensualidade roraimense.
Luiz Valério

Sou Jornalista e blogueiro. Há 20 anos cubro o mundo político, boa parte desse tempo escrevendo em blogs na Web. Moro em Roraima há 15 anos. Já desenvolvi vários projetos na área do jornalismo. Apaixonado por tecnologia, tenho especialização na Área. Agora nos encontramos por aqui.

No Comment to " A arte no sexo ou o sexo na arte "

Obrigado por comentar aqui no blog
Os comentários neste blog são livres, sem moderação.
Aviso, no entanto, que ofensas, palavrões ou quaisquer expressões racistas ou discriminatórias serão apagadas sumariamente.
Para quem comentar com responsabilidade, este espaço estará sempre aberto. Críticas e sugestões para o autor serão bem-vindas.

OBS: Os comentários dos leitores não refletem necessariamente a opinião do autor do blog.