Será que as pesquisas influenciam o eleitorado?

By Luiz Valério quinta-feira, 2 de outubro de 2008
Numa das minhas aulas de Jornalismo e Opinião Pública desta semana, propus como atividade que os alunos pesquisassem matérias nos jornais locais sobre as pesquisas eleitorais e alguns artigos científicos sobre o impacto dessas pesquisas junto ao eleitorado. Em seguida sugeri que eles escrevessem, em dupla, um artigo de opinião colocando as suas impressões sobre o assunto. Passo a postar a partir de hoje os textos que considerei mais interessantes. A publicação dos artigos dos alunos aqui no blog foi previamente acordada e quem não quis se expor teve a sua decisão respeitada. Então, vamos ao primeiro texto dos meus aprendizes de jornalistas:
"As pesquisas eleitorais influenciam no voto de quem não tem senso crítico e opinião formada, uma vez que o cidadão sabe dos seus direitos e deveres perante a sociedade não se deixa levar por uma simples pesquisa de intenção de voto, principalmente as pesquisas sem a divulgação da fonte.
No entanto, trata-se de uma estratégia para manipular o eleitorado. Muitas vezes as pessoas não param para pensar se realmente houve um número elevado de opiniões para compor a pesquisa e se deixam influenciar pela divulgação do percentual de intenção de voto para um ou outro candidato.
Uma pesquisa ilegal, ou seja, não registrada na Justiça Eleitoral, além de ser crime eleitoral, pode acarretar problemas para o candidato que incorre em tal prática e seu adversário, afinal os eleitores ficarão confusos e sem confiança nos resultados.
O Doutor em Estudos Inter-americanos e professor de pesquisas da Ufes, Jaime Roy Doxsey, diz que a pesquisa no Brasil, enquanto instrumento científico, ainda é mistificada pela população. O pesquisador afirma que a maior parte da população não entende que a pesquisa por amostragem seja possível ou real. Doxsey observa que “a população não confia que um percentual pequeno entrevistado possa transparecer a vontade de um todo”.
Ele diz ainda que as pesquisas eleitorais provocam dois tipos de reação nas pessoas: ou elas não acreditam, ou pensam que se for encomendada por um candidato, não tem credibilidade. O estudioso destaca que o processo científico consegue prever os resultados, ou chegar bem próximo à realidade. (Fonte: rededenoticias.com.br)
Acreditamos que a população pode até não acreditar nas pesquisas realizadas, mas acaba votando, pois muitas vezes não querer perder seu voto e acaba optando por aquele candidato que está com maior destaque nas pesquisas. Portanto, a população tem que estar atenta ao passado do candidato e não se deixar levar por pesquisas e falsas promessas principalmente por candidatos que já foram acusados de corrupção e até com mandato cassado.
 Ádria Santos e Vilanir Oliveira acadêmicas do Curso de Jornalismo da Faculdade Atual da Amazônia (FAA)."
Luiz Valério

Sou Jornalista e blogueiro. Há 20 anos cubro o mundo político, boa parte desse tempo escrevendo em blogs na Web. Moro em Roraima há 15 anos. Já desenvolvi vários projetos na área do jornalismo. Apaixonado por tecnologia, tenho especialização na Área. Agora nos encontramos por aqui.

No Comment to " Será que as pesquisas influenciam o eleitorado? "

Obrigado por comentar aqui no blog
Os comentários neste blog são livres, sem moderação.
Aviso, no entanto, que ofensas, palavrões ou quaisquer expressões racistas ou discriminatórias serão apagadas sumariamente.
Para quem comentar com responsabilidade, este espaço estará sempre aberto. Críticas e sugestões para o autor serão bem-vindas.

OBS: Os comentários dos leitores não refletem necessariamente a opinião do autor do blog.