O valor de cada um

By Luiz Valério segunda-feira, 15 de dezembro de 2008
Achei bárbara a frase proferida pelo poeta Ferreira Gullar, segundo o qual "o mundo é mutirão". Neste plano terreno cada um tem o seu valor e uma missão a cumprir. E quem deixar de fazer a sua parte estará sobrecarregando o semelhante que, por sua vez, terá que cumprir com o seu papel e ainda se desdobrar para fazer o parte daquele que se omitiu. Eu completo o pensamento de Gullar: "Porque o Oscar Niemeyer desenha o edifício, mas sem o pedreiro, vai ficar no papel".
É exatamente o que eu sempre defendi. Todo mundo, não importa a classe social à qual pertença ou o nível de escolaridade ou o saldo da conta bancária ou ainda a aptidão que desenvolveu ao longo da vida... todos temos o valor inestimável.
Eu, como jornalista, por exemplo, sempre preferi dialogar com as copeiras, as faxineiras, os motoristas e porteiros das empresas de comunicação pelas quais passei do que conversar com os colegas de redação. Essa gente que tomamos por "simples", "humilde" muitas vezes tem muito mais a nos dizer do que pessoas graduadas e pós-graduadas. A experiência de vida e o saber de cada um teu o seu valor.
Certo dia, quando ainda trabalhava num certo jornal de Roraima, ouvi a diretora da empresa repreender o motorista pelo fato de ele querer ficar na redação junto com os jornalistas por alguns minutos, antes de sairmos todos para cumprir nossas pautas. Discordei da reprimenda dada ao rapaz imediatamente.
O motorista é uma excelente fonte de informação. É a bússola da redação, aquele que sabe encurtar caminhos, descobrir novas rotas que podem levar a pautas inesperadas e surpreendentes. Mas nunca fui bem visto por defender essa tese. Agora há pouco estava lendo um número atrasado da Folha de São Paulo e me deparei com a frase do poeta Gullar. Dela veio a inspiração para esse post. Apenas divagações numa segunda-feira insossa.
Luiz Valério

Sou Jornalista e blogueiro. Há 20 anos cubro o mundo político, boa parte desse tempo escrevendo em blogs na Web. Moro em Roraima há 15 anos. Já desenvolvi vários projetos na área do jornalismo. Apaixonado por tecnologia, tenho especialização na Área. Agora nos encontramos por aqui.

No Comment to " O valor de cada um "

Obrigado por comentar aqui no blog
Os comentários neste blog são livres, sem moderação.
Aviso, no entanto, que ofensas, palavrões ou quaisquer expressões racistas ou discriminatórias serão apagadas sumariamente.
Para quem comentar com responsabilidade, este espaço estará sempre aberto. Críticas e sugestões para o autor serão bem-vindas.

OBS: Os comentários dos leitores não refletem necessariamente a opinião do autor do blog.