Mulher, trabalho e remuneração: pesquisa releva avanços

By Luiz Valério segunda-feira, 8 de março de 2010
@migos meus,

O Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) divulgou hoje hoje (8) novos números que mostram como as mulheres estão tendo a sua condição melhorada na sociedade atual. O Instituto divulgou que entre 1998 e 2008 o número de mulheres que trabalhavam em ocupações precárias passou de 48,3% para 42,1%, o que pode ser considerado um avanço bastante positivo para as mulheres trabalhadoras. O número de homens que desempenhavam as mesmas passou de 31,2% para 26,2%, segundo estudo. É considerado pelo Ipea como ocupação precária o trabalho que oferece renda inadequada, que está na informalidade ou não é remunerado.

As conquistas alcançadas pelas mulheres estão materializadas na melhoria dos salários. Os números do Ipea mostram que as mulheres ganhavam R$ 612,18 em 2002 e os homens, R$ 978,18. Passada meia década,  as mulheres passaram a ganhar R$ 700,88 e os homens, R$ 1070,07. Na comparação entre os dois grupos, a renda das mulheres aumentou R$ 88 e dos homens, R$ 91,89. Mesmo com as diferenças salariais ainda existentes, o estudo do Ipea mostra que ao longo dos anos houve ligeira aproximação entre a renda de homens e mulheres. Até o ano de 2002 a remuneração das mulheres representava 62,6% da renda masculina. Já no ano de 2008 passaram a receber 65,5%. Mesmo com este avanço, a pesquisa do Ipea alerta que ainda é preciso investir em ações específicas para enfrenta as desigualdades de gênero.


Com informações da Agência Brasil.
Luiz Valério

Sou Jornalista e blogueiro. Há 20 anos cubro o mundo político, boa parte desse tempo escrevendo em blogs na Web. Moro em Roraima há 15 anos. Já desenvolvi vários projetos na área do jornalismo. Apaixonado por tecnologia, tenho especialização na Área. Agora nos encontramos por aqui.

No Comment to " Mulher, trabalho e remuneração: pesquisa releva avanços "

Obrigado por comentar aqui no blog
Os comentários neste blog são livres, sem moderação.
Aviso, no entanto, que ofensas, palavrões ou quaisquer expressões racistas ou discriminatórias serão apagadas sumariamente.
Para quem comentar com responsabilidade, este espaço estará sempre aberto. Críticas e sugestões para o autor serão bem-vindas.

OBS: Os comentários dos leitores não refletem necessariamente a opinião do autor do blog.