A louca fábrica de processos contra jornalistas

By Luiz Valério quarta-feira, 28 de abril de 2010
Olá meus queridos @migos,

Tenho uma boa notícia a dar: estão realmente trabalhando pelo desenvolvimento de Roraima. Acabaram de instalar uma produtiva fábrica de processos contra jornalistas no Estado. O novo empreendimento deve gerar riquezas e movimentar a economia local, pensam eles.

Acabei de receber, agora há pouco, junto com a direção do jornal Monte Roraima, do qual sou secretário de Redação, uma notificação da justiça sobre um novo processo movido contra o jornal pelo advogado do PSDB, Alexander Ladislau.

O processo contra o MR se baseia na matéria escrita por mim, intitulada “Jornalistas na mira dos poderosos”, na qual denuncio as ameaças sofridas pelo editor do jornal, Amílcar Júnior, e  relato a perseguiçao, via processos, a colega jornalista Andrezza Trajano, da Folha de Boa Vista.
censura_imprensa
Está em andamento uma ação arquitetada para intimidar e calar a imprensa roraimense
O funcionário da louca fábrica de processos contra jornalistas(ops!!!), digo, o advogado Alexander Ladislau, alega que a matéria que saiu da pena deste escriba incita o público a pensar que o governo [ou o governador Anchieta Júnior] está perseguindo jornalistas. Com tantos processos contra colegas e veículos, eles querem que pensemos o que, afinal?

Já foram processados os colegas Andrezza Trajano, Cyneida Correia, JR Rodrgigues, Amilcar Júnior e o jornal Monte Roraima. Ou seja a louca fábrica de processos está funcionando a todo vapor. Pelo menos ninguém pode dizer que não há nenhum empreendimento produtivo aqui em Roraima.

Na incapacidade de produzir desenvolvimento, se produz processos para calar jornais e jornalistas.
Passemos a outro assunto, que este me dá náuseas.

Technorati Marcas: censura,cidadania,comunicação,jornalismo,midia,eleições 2010,blogueiro repórter,twitter


Crédito: A foto que ilustra esta postagem é reprodução do blog> Bahia Notícias
Luiz Valério

Sou Jornalista e blogueiro. Há 20 anos cubro o mundo político, boa parte desse tempo escrevendo em blogs na Web. Moro em Roraima há 15 anos. Já desenvolvi vários projetos na área do jornalismo. Apaixonado por tecnologia, tenho especialização na Área. Agora nos encontramos por aqui.

4 comentários to ''A louca fábrica de processos contra jornalistas"

ADD COMMENT
  1. Meu caro Valério,

    Espero que você e os demais colegas não se deixem intimidar por esta manobra de quem tem medo do embate democrático e da transparência. Continuem firmes!

    ResponderExcluir
  2. Minha querida Karla,

    Pode ter certeza de que resistiremos. Pelo menos eu resistirei até o fim. Os administradores públicos passam, os cidadãos, jornalistas incluídos, ficam.

    Aqui em Roraima está em andamento uma ação intimidatória contra a imprensa.

    Esses senhores esquecem que a imprensa tem o poder de eleger e derrubar até presidentes da República. Brincam com fogo, acabam por se queimar.

    ResponderExcluir
  3. Eu tive curiosidade depois de ler essa postagem. Pode até ser irônico e tudo mais, mas você também foi processado posteriormente por essa postagem?
    Sou estudante de Comunicação da UFPI.

    ResponderExcluir
  4. Eu propriamente dito, não. Mas o jornal para o qual escrevia, sim. E foi processado exatamente por conta de uma matéria que escrevi no período pré-eleitoral por propaganda extemporânea. Mas, pelo que sei, o jornal ganhou a questão.

    ResponderExcluir

Obrigado por comentar aqui no blog
Os comentários neste blog são livres, sem moderação.
Aviso, no entanto, que ofensas, palavrões ou quaisquer expressões racistas ou discriminatórias serão apagadas sumariamente.
Para quem comentar com responsabilidade, este espaço estará sempre aberto. Críticas e sugestões para o autor serão bem-vindas.

OBS: Os comentários dos leitores não refletem necessariamente a opinião do autor do blog.