Procurador eleitoral diz que Neudo está inelegível

By Luiz Valério quinta-feira, 15 de abril de 2010
Procurador eleitoral Ângelo Vilela diz que Neudo Campos está inelegível
Atualizado às 8h54 de 15.04.2010 - A declaração do procurador eleitoral Ângelo Vilela à uma emissora de televisão local, de que o deputado federal Neudo Campos (PP) está inelegível em decorrência de condenação do Tribunal de Contas da União (TCU), casou polêmica no meio político ontem.  De acordo com Vilela, o impedimento à candidatura de Campos encontraria sustentação na Lei Complementar 64/90, que trata dos ilícitos que tornam políticos com condenações por improbidade administrativa inelegíveis.

Na semana passada o TCU condenou Neudo Campos a devolver R$ 1,7 milhão aos cofres públicos além de pagar uma multa pessoal de R$ 100 mil. Segundo a decisão do Tribunal de Contas da União, o pré-candidato ao governo de Roraima também está impedido de ocupar cargos federais em caráter de chefia ou comissão durante seis meses.

Segundo o procurador eleitoral Ângelo Vilela, Neudo Campos não pode se candidatar devido á decisão do TCU. O representante do Ministério Público Eleitoral diz que o pré-candidato ao governo terá que aguardar uma decisão da justiça, ainda que liminarmente, que suspenda a condenação imposta pelo Tribunal. Conforme o procurador, ainda que esta decisão saia Neudo está inelegível.

A afirmação do procurador Ângelo Vilela foi uma resposta dada à pergunta feita por um repórter da TV Boa Vista, retransmissora da Rede TV!, e que é controlada pelo grupo político do governador. O repórter perguntou ao procurador se a condenação do TCU implicaria na inelegibilidade de Neudo Campos e o representante do MP disse que sim.

Este blogueiro buscou ouvir o procurador, mas este disse por meio da assessoria de comunicação do Ministério Público Eleitoral (MPE), que não se pronunciaria sobre o assunto. Disse que deu a declaração com base no acórdam 613/2010 do TCU.

Leia mais sobre esse assunto em Neudo sustenta: "Eu não estou inelegível"

Crédito: a imagem que ilustra este post é do Parlatube
Luiz Valério

Sou Jornalista e blogueiro. Há 20 anos cubro o mundo político, boa parte desse tempo escrevendo em blogs na Web. Moro em Roraima há 15 anos. Já desenvolvi vários projetos na área do jornalismo. Apaixonado por tecnologia, tenho especialização na Área. Agora nos encontramos por aqui.

3 comentários to ''Procurador eleitoral diz que Neudo está inelegível"

ADD COMMENT
  1. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  2. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  3. Sinto muito, querido "Anônimo", mas seus comentários serão apagados. O aviso acima é bem claro: "ofensas, palavrões ou quaisquer expressões racistas ou discriminatórias serão apagadas sumariamente".

    O deputado Neudo Campos, de fato, responde a vários processos na Justiça por improbidade administrativa, peculato, desvio de recursos públicos e até mesmo formação quadrilha. Mas a Justiça ainda não se pronunciou sobre se ele é inocente o culpado.

    Sempre escrevo sobre esse assunto aqui no blog, mas, como autor, nunca usei a palavra "ladrão" e, como recomenda o aviso desde administrador da página, as ofensas serão apagadas.

    Conto com a sua leitura e compreensão, mas da próxima vez seja mais diplomático e indentifique-se. Seu comentário ofensivo poderia me render um processo por calúnia e difamação, uma vez que sou eu quem mantém o blog.

    Tenho 15 anos de jornalismo, sempre denunciei desmandos de políticos com dinheiro público, mas nunca sofri nenhum processo, exatamente por saber como me conduzir nessas questões.

    Grande abraço.

    ResponderExcluir

Obrigado por comentar aqui no blog
Os comentários neste blog são livres, sem moderação.
Aviso, no entanto, que ofensas, palavrões ou quaisquer expressões racistas ou discriminatórias serão apagadas sumariamente.
Para quem comentar com responsabilidade, este espaço estará sempre aberto. Críticas e sugestões para o autor serão bem-vindas.

OBS: Os comentários dos leitores não refletem necessariamente a opinião do autor do blog.