Unidos pela derrota

By Luiz Valério terça-feira, 20 de julho de 2010
Estive na Câmara Municipal de Boa Vista esta manhã. Ao contrário do clima de discórdia que reinou até quarta-feira da semana passada, a situação era de calmaria. Os vereadores dissidentes e revoltosos de outrora estavam calmos e dóceis como cordeiros. George Melo (PSDC) e Josiel Wanderlei (PSDB) foram domados pela tarimba política de Braz Behnck e pela mão politicamente calejada do prefeito Iradilson Sampaio. Os quatro vereadores que tentaram destituir Braz da presidência da Casa deram com os burros n’água e tiveram que engolir uma vexatória derrota a seco.
Agora, de todos os lados o discurso é de paz, de tranqüilidade. George Melo disse a este repórter-blogueiro que ainda “existem diferenças, mas é possível conviver com elas”. Afirmou que “a Câmara é maior que a sua insatisfação e que a vaidade de Braz Behnck”. Nisso ele tem razão. Mas, o curioso é que eles só percebem essas obviedades depois de fazerem o maior papelão e contribuírem para que a Casa caia ainda mais em descrédito junto à sociedade.
Por mais que os vereadores pró e contra Braz Behnck negassem, estava claro que havia interesses de grupos políticos maiores envolvidos na trama da destituição da Mesa Diretora da Câmara. Os vereadores dissidentes ou revoltosos, como eu os denominei – George Melo, Josiel Wanderlei, Mauricélio Fernandes, Chico Doido, e companhia limitada – fazem oposição ao grupo do prefeito Iradilson Sampaio. Os demais, são absolutamente próximos do chefe do Executivo, como é o caso de Paulo Linhares (PP), que não é apenas líder do prefeito na Casa, mas é também sobrinho do candidato ao Governo de Roraima, Neudo Campos (PP).
A partir daqui não é preciso dizer mais muita coisa. Está claro para os meus inteligentes leitores, penso eu. O fato é que a tentativa de destituição de Braz da presidência da Câmara, ou de golpe, como denominou o próprio Braz Behnck, não vingou. Foi como um daqueles traques de festa junina, que falha na hora H e deixa no ar aquele cheiro de pólvora de segunda categoria. Agora em recesso, depois de aprovar a Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) por 10 votos favoráveis e uma abstenção, os vereadores prometem voltar em 3 de agosto em clima de paz. Aguardemos, pois.


Luiz Valério

Sou Jornalista e blogueiro. Há 20 anos cubro o mundo político, boa parte desse tempo escrevendo em blogs na Web. Moro em Roraima há 15 anos. Já desenvolvi vários projetos na área do jornalismo. Apaixonado por tecnologia, tenho especialização na Área. Agora nos encontramos por aqui.

No Comment to " Unidos pela derrota "

Obrigado por comentar aqui no blog
Os comentários neste blog são livres, sem moderação.
Aviso, no entanto, que ofensas, palavrões ou quaisquer expressões racistas ou discriminatórias serão apagadas sumariamente.
Para quem comentar com responsabilidade, este espaço estará sempre aberto. Críticas e sugestões para o autor serão bem-vindas.

OBS: Os comentários dos leitores não refletem necessariamente a opinião do autor do blog.