Candidato ao Governo de Roraima é expulso do partido

By Luiz Valério terça-feira, 3 de agosto de 2010

Meus @migos,

A temperatura chegou à estratosfera no PHS.

O médico Petrônio Araújo, candidato ao governo de Roraima pelo Partido Humanista da Solidariedade (PHS), foi expulso da sigla pela Comissão Executiva Nacional e corre o risco de não poder concorrer nas eleições de 03 de outubro. O comunicado da expulsão de Petrônio foi feito à presidência do Tribunal Regional Eleitoral (TRE) às 15h49 minutos desta terça-feira.
Junto com o candidato ao governo do PHS foram expulsos também o escritor Riobranco Brasil, candidato a vice-governador na chapa de Petrônio, o candidato a senador, Hiran Gonçalves, e seus suplentes, Carlos Augusto Vasconcelos Lima e Laerth Thomé. Os membros do partido são acusados de infidelidade partidária.
Conforme as alegações da Executiva Nacional do PHS apresentadas à imprensa em nota oficial, Petrônio Araújo e seus companheiros de chapa teriam realizado a convenção conclusiva para a homologação da suas candidaturas no dia 30 de junho, depois que a Executiva Nacional já havia decidido por fazer uma intervenção na direção regional no partido, nomeando uma Junta Interventora.
A Nacional do PHS também acusa os ex-membros do partido de terem desobedecido ao parágrafo 9º do artigo 8º do Estatuto do PHS, ao recorrerem à Justiça Eleitoral contra a intervenção no diretório regional, solicitando a impugnação das candidaturas homologadas junto com a Coligação "Para Roraima Voltar a ser Feliz", em vez de esgotar a discussão em todas as instâncias partidárias.
O presidente da Junta Interventora do PHS, José Deodato de Aquino, diz que a expulsão dos membros do partido tem por objetivo "servir de exemplo para todos os filiados e todas as direções regionais do PHS de que, na salvaguarda da disciplina partidária, o Estatuto do Partido e as decisões do CEN não podem ser simplesmente desrespeitadas em nenhuma circunstância". O presidente da Junta afirma ainda que a medida visa "colocar um ponto final no clima de instabilidade jurídica e política provocada pelo absurdo e ilegítimo pedido paralelo de registro das pretensas 'candidaturas' dos filiados agora expulsos".
Ouvido pela reportagem do Monte Roraima Notícias, Petrônio Araújo disse que não está preocupado com a decisão da Junta Interventora de expulsá-lo, pois caberá à Justiça Eleitoral se pronunciar sobre essa questão até o dia 5 o final do prazo para o julgamento das candidaturas. O medico disse ter entrado na Justiça para se defender, uma vez que a intervenção feita na direção regional ocorreu de forma irregular e a convenção realizada pela Junta Interventora se deu fora do prazo estabelecido pela legislação eleitoral.
"As convenções partidárias devem ser feitas entre os dias 10 e 30 de junho. A ata da convenção que essa Junta Interventora realizou data de 2 de julho, portanto está fora do prazo legal estabelecido pela Justiça Eleitoral", alegou Petrônio. "Estamos tranqüilo, pois apesar das armações que estão sendo feitas com o objetivo de nos impedir de ser candidato, tenho certeza que a nossa candidatura vai vingar", afirmou.
O presidente do Tribunal Regional Eleitoral, desembargador Ricardo Oliveira, alegou não poder ser pronunciar a respeito da expulsão dos membros do PHS, pois isto infringiria o Estatuto da Magistratura, uma vez que consistira numa antecipação de parecer. O Pleno do TRE só se pronunciará sobre o caso quando for julgar a ação de impugnação das candidaturas de Petrônio Araújo, Riobranco Brasil, Hiran Gonçalves, Carlos Augusto Vasconcelos Lima e Laerth Thomé que aguardam para entrar na pauta de julgamento.
Luiz Valério

Sou Jornalista e blogueiro. Há 20 anos cubro o mundo político, boa parte desse tempo escrevendo em blogs na Web. Moro em Roraima há 15 anos. Já desenvolvi vários projetos na área do jornalismo. Apaixonado por tecnologia, tenho especialização na Área. Agora nos encontramos por aqui.

No Comment to " Candidato ao Governo de Roraima é expulso do partido "

Obrigado por comentar aqui no blog
Os comentários neste blog são livres, sem moderação.
Aviso, no entanto, que ofensas, palavrões ou quaisquer expressões racistas ou discriminatórias serão apagadas sumariamente.
Para quem comentar com responsabilidade, este espaço estará sempre aberto. Críticas e sugestões para o autor serão bem-vindas.

OBS: Os comentários dos leitores não refletem necessariamente a opinião do autor do blog.