TRE nega pedido de impugnação contra Jalser. Então, há esperanças para Neudo

By Luiz Valério quarta-feira, 4 de agosto de 2010

Quem acompanha a política roraimense há alguns anos sabe: o deputado estadual Jalser Renier (DEM) tem a ficha suja. Ele tem condenação transitada em julgado por um colegiado sob acusação de compra de votos.

Mesmo assim, Jalser foi o primeiro político “ficha suja” de Roraima a receber o sinal verde do Tribunal Regional Eleitoral (TRE) para prosseguir com a sua candidatura à reeleição. Por 5 votos a 1, o Pleno do TRE considerou improcedente a ação de impugnação de candidatura contra Jalser. O julgamento aconteceu na tarde/noite de hoje.

O Ministério Público Eleitoral havia requerido a impugnação da candidatura do parlamentar, com base na Lei da Ficha Limpa. Mas os juízes e desembargadores eleitorais entenderam que Jalser devia continuar sua corrida pelo voto.

Essa decisão do TRE é o prenúncio de que todos os demais candidatos qaue tiveram pedidos de impugnação propostos pelo MPE e pelos partidos e coligações poderão se safar do impedimento para concorrer nas eleições de 3 de outubro.

Um dos candidatos que tem ações de impugnação do pedido de registro é Neudo Campos (PP), que concorre ao Governo do Estado. Apesar de responder a mais de duas dezenas de processos na justiça sob acusação de improbidade administrativa, Neudo, ao contrário de Jalser Renier, não tem nenhuma ação condenatória transitado em julgado.

Logo, se o Pleno do TRE livrou a cara de Jalser Renier, ficha suja confesso, deverá liberar Neudo Campos para concorrer também. Creio que os magistrados não vão usar de dois pesos e duas medidas em seus julgamentos. Se um político condenado se livrou das garras da Justiça Eleitoral, um outro que sequer condenação tem não poderá ser impedido de concorrer.

Todos os demais candidatos que têm dívidas com a justiça também devem ficar esperançosos de poder seguir livremente a sua caminhada em busca de um mandato. Pelo Brasil a fora e agora também em Roraima, a justiça resolveu enfraquecer uma iniciativa que nasceu da vontade soberana do povo: a Lei da Ficha Limpa.

Os candidatos “ficha suja” estão em festa. Jalser que o dia.

PS – Explico o motivo de ter chamado Jalser Renier de “ficha suja confesso”. Outro dia, quando o projeto de iniciativa popular que deu origem à Lei da Ficha Limpa ainda estava em tramitação no Congresso Nacional, eu entrevistei o nobre parlamentar, buscando saber qual a sua opinião sobre o projeto. Na ocasião, Jalser disse que não tinha muito o que comentar a respeito, pois tinha sido em seu histórico uma condenação. No entanto, o TRE preferiu ignorar esse fato.

 

Luiz Valério

Sou Jornalista e blogueiro. Há 20 anos cubro o mundo político, boa parte desse tempo escrevendo em blogs na Web. Moro em Roraima há 15 anos. Já desenvolvi vários projetos na área do jornalismo. Apaixonado por tecnologia, tenho especialização na Área. Agora nos encontramos por aqui.

No Comment to " TRE nega pedido de impugnação contra Jalser. Então, há esperanças para Neudo "

Obrigado por comentar aqui no blog
Os comentários neste blog são livres, sem moderação.
Aviso, no entanto, que ofensas, palavrões ou quaisquer expressões racistas ou discriminatórias serão apagadas sumariamente.
Para quem comentar com responsabilidade, este espaço estará sempre aberto. Críticas e sugestões para o autor serão bem-vindas.

OBS: Os comentários dos leitores não refletem necessariamente a opinião do autor do blog.