Projeto corporativista põe Mecias e Guerra em lados opostos

By Luiz Valério quarta-feira, 23 de fevereiro de 2011
Mecias entra em choque com Guerra
Foto: Platão Arantes
A votação do projeto que altera o regimento interno (RI) da Assembleia Legislativa, na manhã de hoje, pôs de lados opostos os sempre camaradas deputados Chico Guerra (PSDB) e Mecias de Jesus (PR), ex-presidente da Casa.
Por várias vezes Guerra falou de forma firme com Mecias, que requereu vista da matéria e teve seu pedido negado, assim como teve negado seu pedido de adiamento da votação.O presidente da Assembleia também disse que Mecias se retirou do plenário ontem porque quis e não tinha do que reclamar em relação à votação do projeto.
 O republicano criticou a pressa na apreciação de uma matéria que, a seu ver, se contrapõe a uma decisão judicial com o objetivo de beneficiar um único deputado: George Melo, que teve o mandato cassado pelo Tribunal Regional Eleitoral (TRE) sob acusação de compra de votos.
Diante da relutância de Mecias em contestar o projeto, Chico Guerra argumentou que “estamos numa democracia em que a decisão da maioria prevalece”. Mecias retrucou: “O senhor está querendo dizer com isso que a oposição vai ser atropelada”. E Guerra devolveu: Se o senhor está querendo entender dessa forma, então entenda.”
Pelo diálogo acima dá para perceber que a parceria de longos anos que existiu entre Chico Guerra e Mecias está abalada na disputa pelo poder. O ex-presidente da Casa mais uma vez determinou que bancada de oposição se retirasse do plenário. Mesmo assim, o projeto que dá mais 15 dias de sobrevida a George Melo na Assembleia foi aprovado por 13 votos. A oposição vai recorrer à justiça.

Luiz Valério

Sou Jornalista e blogueiro. Há 20 anos cubro o mundo político, boa parte desse tempo escrevendo em blogs na Web. Moro em Roraima há 15 anos. Já desenvolvi vários projetos na área do jornalismo. Apaixonado por tecnologia, tenho especialização na Área. Agora nos encontramos por aqui.

No Comment to " Projeto corporativista põe Mecias e Guerra em lados opostos "

Obrigado por comentar aqui no blog
Os comentários neste blog são livres, sem moderação.
Aviso, no entanto, que ofensas, palavrões ou quaisquer expressões racistas ou discriminatórias serão apagadas sumariamente.
Para quem comentar com responsabilidade, este espaço estará sempre aberto. Críticas e sugestões para o autor serão bem-vindas.

OBS: Os comentários dos leitores não refletem necessariamente a opinião do autor do blog.