A farra das concessões de emissoras de rádio e televisão se estende a Roraima

By Luiz Valério domingo, 27 de março de 2011
A Folha de São Paulo deste domingo traz uma reportagem especial sobre a farra das concessões de rádio e televisão em vigor há anos no Brasil, sem que o Ministério das Comunicações ponha um fim a essa vergonha nacional. Se você não é assinante da Folha, pode ler a matéria na íntegra no blog do Altamiro Souza.

A repórter especial da FSP, jornalista Elvira Lobato, investigou o assunto por três meses – apesar de não precisar tanto – pois é de conhecimento público a quem pertencem as emissoras de rádio e televisão em cada estado brasileiro.



Ou você tem alguma dúvida, amigo leitor, sobre a quem pertence as rádios Equatorial FM, Tropical FM, Parente FM, Transamérica Pop FM, e as emissoras de televisão Caburaí, Imperial, Tropical, etc? Todas eles pertencem a políticos ou grupos políticos locais.

O fato novo da reportagem é que é exposto publicamente que a maioria ou grande parte dessas emissoras pertencem, sim, a políticos com mandato, mas cuja documentação que atesta a propriedade está em nome de laranjas.

É o caso, por exemplo, da TV Imperial, que no papel tem como dono o apresentador do programa Pânico na TV, da Rede TV!, Emílio Surita, irmão da deputada federal e ex-esposa do senador Romero Jucá, Teresa Surita, mas que todos sabemos que pertence ao líder do governo. Aliás, sabe-se também que o senador Jucá já ganhou a concessão para explorar outras emissoras de rádio e televisão no interior do Estado.

O outro grande detentor de concessões de emissoras de rádio e televisão em Roraima é o deputado federal Luciano Castro, proprietário da Rede Tropical de Comunicação. Jucá e Castro aparecem nas estatísticas do site Donos da Mídia como sendo os dois políticos que mandam e desmanda na comunicação eletrônica em Roraima.

Aliás, o apanhado mais completo sobre a situação das concessões de rádio e televisão no Brasil pode ser encontrado exatamente no site Donos da Mídia, onde há relatórios, números por estado, nomes, documentos e tudo mais que você, amigo leitor, queira saber sobre o assunto. Não tem outra definição: é um DESCALABRO.

O projeto Donos da Mídia faz uma radiografia das concessões de rádio e televisão no Brasil
PALANQUE ELETRÔNICO
De acordo com os dados do site Donos da Mídia, 271 políticos são sócios ou diretores de 324 veículos de comunicação no Brasil. Há, na lista de nomes levantados pelo Projeto Donos da Mídia, a partir de cruzamento feito com os dados da Agência Nacional de Telecomunicações prefeitos, governadores, deputados e senadores de todo o país.

A reportagem da FSP veio apenas trazer mais alguns detalhes e expor situações gritantes como é o caso roraimense, em que o lÍder do governo federal no Senado tem um conglomerado local de veículos de comunicação, devido à influência e ao trânsito que tem em Brasília.

Se o governo federal – leia-se o Ministério das Comunicações - não fizer nada para mudar esse quadro, nos restará apenas ficar indignados. Ou fazer campanha nacional pela real democratização dos meios de comunicação, que devem servir aos anseios da população. Que se faça uso de blogs, emails e redes sociais para protestar e forçar uma mudança rápida no atual modelo de concessões.
Luiz Valério

Sou Jornalista e blogueiro. Há 20 anos cubro o mundo político, boa parte desse tempo escrevendo em blogs na Web. Moro em Roraima há 15 anos. Já desenvolvi vários projetos na área do jornalismo. Apaixonado por tecnologia, tenho especialização na Área. Agora nos encontramos por aqui.

No Comment to " A farra das concessões de emissoras de rádio e televisão se estende a Roraima "

Obrigado por comentar aqui no blog
Os comentários neste blog são livres, sem moderação.
Aviso, no entanto, que ofensas, palavrões ou quaisquer expressões racistas ou discriminatórias serão apagadas sumariamente.
Para quem comentar com responsabilidade, este espaço estará sempre aberto. Críticas e sugestões para o autor serão bem-vindas.

OBS: Os comentários dos leitores não refletem necessariamente a opinião do autor do blog.