Pano rápido sobre as entrevistas provocadas pela “Operação Mácula”

By Luiz Valério quarta-feira, 16 de março de 2011
A promotora pública da Saúde, Jeane Sampaio, qualificou o esquema de fraude nas licitações da Secretaria Estadual de Saúde (Sesau), como uma organização criminosa. Disse que a princípios os desvios só envolvem recursos federais da monta de R$ 30 milhões num período de tempo de 2008 a 2010.

Jeane afirmou que os bens dos envolvidos foram bloqueados. Que a operação deve durar, pelo menos até sexta-feira. Adiantou que, se necessário, mandados de prisão serão cumpridos fora do Estado. Também disse que será ofertada a delação premiada aos detidos para que colaborem com as investigações.

O secretário de Saúde, Leocádio Vasconcelos, repudiou a qualificação de “organização criminosa”. Disse que não aceita, sob nenhuma hipótese, essa afirmação. Leocádio afirmou que está colaborando com a investigação, encaminhando toda a documentação necessária.

Leocádio disse que mudou a modalidade de compras da Sesau para pregão eletrônico. Também informou que suspendeu o pagamento de R$ 18 milhões à empresa Cardan.

Assim que puder publico mais informações ainda hoje. Agora vou produzir material do jornal Monte Roraima.
Luiz Valério

Sou Jornalista e blogueiro. Há 20 anos cubro o mundo político, boa parte desse tempo escrevendo em blogs na Web. Moro em Roraima há 15 anos. Já desenvolvi vários projetos na área do jornalismo. Apaixonado por tecnologia, tenho especialização na Área. Agora nos encontramos por aqui.

No Comment to " Pano rápido sobre as entrevistas provocadas pela “Operação Mácula” "

Obrigado por comentar aqui no blog
Os comentários neste blog são livres, sem moderação.
Aviso, no entanto, que ofensas, palavrões ou quaisquer expressões racistas ou discriminatórias serão apagadas sumariamente.
Para quem comentar com responsabilidade, este espaço estará sempre aberto. Críticas e sugestões para o autor serão bem-vindas.

OBS: Os comentários dos leitores não refletem necessariamente a opinião do autor do blog.