Defesa de Neudo reclama de vazamento de sentença

By Luiz Valério quinta-feira, 28 de abril de 2011
Este repórter-blogueiro ouviu o advogado Marcelo Campos, que defende o ex-governador Neudo Campos no processo. O jurista alegou que ainda não foi notificado pela Justiça Federal e que só vai se pronunciar oficialmente quando receber a notificação.

Ele reclamou à reportagem do fato de a sentença ter saído na quarta-feira e, no mesmo dia, já ter vazado para a imprensa local e de outros estados brasileiros.  “Como pode a decisão do juiz ter sido divulgada na imprensa antes mesmo que as partes interessadas fossem notificadas?”, questionou.

Durante a vigência do seu mandato de deputado federal, Neudo até que tentou fugir da condenação. Ao se eleger para uma vaga na Câmara dos Deputados, em 2007, o processo que trata do “esquema dos gafanhotos” foi desmembrado e a denúncia contra ele foi transferida para o Supremo Tribunal Federal (STF).

No mês de agosto de 2010, Neudo Campos renunciou ao cargo de deputado federal com o objetivo de disputar as eleições para o Governo de Roraima e o processo retornou à Justiça Federal de Roraima. Depois de anos de tramitação, o juiz Helder Girão decidiu pela condenação do ex-governador a 16 anos de prisão.

Luiz Valério

Sou Jornalista e blogueiro. Há 20 anos cubro o mundo político, boa parte desse tempo escrevendo em blogs na Web. Moro em Roraima há 15 anos. Já desenvolvi vários projetos na área do jornalismo. Apaixonado por tecnologia, tenho especialização na Área. Agora nos encontramos por aqui.

No Comment to " Defesa de Neudo reclama de vazamento de sentença "

Obrigado por comentar aqui no blog
Os comentários neste blog são livres, sem moderação.
Aviso, no entanto, que ofensas, palavrões ou quaisquer expressões racistas ou discriminatórias serão apagadas sumariamente.
Para quem comentar com responsabilidade, este espaço estará sempre aberto. Críticas e sugestões para o autor serão bem-vindas.

OBS: Os comentários dos leitores não refletem necessariamente a opinião do autor do blog.