O dilema do novo Código Florestal

By Luiz Valério segunda-feira, 25 de abril de 2011
O novo Código Florestal é um dos assuntos mais discutidos atualmente em todo o País e principalmente na Amazônia. Isso porque a nova legislação que resultar do substitutivo apresentado pelo deputado Aldo Rebelo (PC do B) poderá ter impacto de grande monta sobre as florestas brasileiras ou o que ainda resta delas.

Para os desenvolvimentistas, se faz necessária a aprovação de uma lei mais flexível no que diz respeito à exploração dos recursos naturais em prol da geração de riquezas. Os ambientalistas, por sua vez, criticam “sem dó nem piedade” a proposta de Rebelo. Entendem que será a última pá de cal na tentativa de proteger as florestas dos devastadores em potencial.

Enquanto isso, a discussão prossegue na Câmara.

Nesta terça-feira, por exemplo, os líderes partidários se reúnem com os ministros da Agricultura, Wagner Rossi; do Desenvolvimento Agrário, Afonso Florence; e do Meio Ambiente, Izabella Teixeira, para discutir o projeto de reforma do Código Florestal (PL 1876/99).  Será, certamente, um duro debate.

O substitutivo de Rebelo já passou por seu primeiro teste de foro. Foi aprovado em 2010 por uma comissão especial da Câmara. A aprovação preliminar deixou satisfeitos os grandes latifundiários, que almejam poder aumentar mais e mais suas áreas de produção.

O que se espera é que dessa discussão saia uma lei que leve em consideração a necessidade de preservarmos o que ainda resta de matas e florestas, sob pena de estarmos cultivando, no médio prazo, um mundo inóspito para todos.

PS - Este é o comentário que escrevi para a Coluna Política S/A, que volta a ser atualizada diariamente no site Roraima em Foco, depois de um período de descanso.

Luiz Valério

Sou Jornalista e blogueiro. Há 20 anos cubro o mundo político, boa parte desse tempo escrevendo em blogs na Web. Moro em Roraima há 15 anos. Já desenvolvi vários projetos na área do jornalismo. Apaixonado por tecnologia, tenho especialização na Área. Agora nos encontramos por aqui.

No Comment to " O dilema do novo Código Florestal "

Obrigado por comentar aqui no blog
Os comentários neste blog são livres, sem moderação.
Aviso, no entanto, que ofensas, palavrões ou quaisquer expressões racistas ou discriminatórias serão apagadas sumariamente.
Para quem comentar com responsabilidade, este espaço estará sempre aberto. Críticas e sugestões para o autor serão bem-vindas.

OBS: Os comentários dos leitores não refletem necessariamente a opinião do autor do blog.