Dez notas sobre a retomada do debate em torno da Raposa Serra do Sol

By Luiz Valério segunda-feira, 15 de agosto de 2011
[1] Está de volta e tomando corpo a perigosa polêmica em torno da Terra Indígena Raposa Serra do Sol (RSS).

[2] Deputados federais e estaduais, produtores de arroz e pecuaristas querem reabrir o processo que trata da homologação da RSS.

[3] O procurador da FUNAI, Wilson Précoma, deu mais gás à discussão ao dizer que a homologação carece de embasamento antropológico. O laudo que embasou a decisão do governo federal seria um engodo que não se sustenta.

[4] O procurador afirmou também que a homologação da RSS foi fruto mais de uma decisão política do que jurídica.

[5] No meio da discussão da revisão da homologação da RSS, o deputado federal Francisco Araújo (PSL) aproveitou para dar uma alfinetada nos colegas de parlamento.

[6] Francisco Araújo disse que a bancada federal roraimense é movida a vaidade e não trabalha em conjunto.

[7] Ainda de acordo com o parlamentar, os deputados roraimenses só estão preocupados em conseguir recursos para estradas e rodovias para poder desviar. Ou seja, acusou os colegas de corrupção.

[8] O deputado também disse acreditar ser possível reverter a homologação da RSS por meio de um decreto legislativo.

[9] Comandante da revolta contra a homologação da RSS, em 2005 e em 2009, o deputado federal Paulo César Quartiero (DEM), defende que os produtores e pecuaristas voltem a ocupar a região da Raposa Serra do Sol ao arrepio da lei.

[10] Ele acredita ser possível vencer o governo federal pelo cansaço.
Luiz Valério

Sou Jornalista e blogueiro. Há 20 anos cubro o mundo político, boa parte desse tempo escrevendo em blogs na Web. Moro em Roraima há 15 anos. Já desenvolvi vários projetos na área do jornalismo. Apaixonado por tecnologia, tenho especialização na Área. Agora nos encontramos por aqui.

No Comment to " Dez notas sobre a retomada do debate em torno da Raposa Serra do Sol "

Obrigado por comentar aqui no blog
Os comentários neste blog são livres, sem moderação.
Aviso, no entanto, que ofensas, palavrões ou quaisquer expressões racistas ou discriminatórias serão apagadas sumariamente.
Para quem comentar com responsabilidade, este espaço estará sempre aberto. Críticas e sugestões para o autor serão bem-vindas.

OBS: Os comentários dos leitores não refletem necessariamente a opinião do autor do blog.