O rizicultor Nelson Itikawa afirma não ter recebido nenhuma indenização pela propriedade que perdeu

Produtores rurais, pecuaristas, deputados estaduais e federais estão reunidos agora na Assembleia Legislativa de Roraima numa audiência pública em que será discutida a revisão da homologação da Terra Indigena Raposa Serra do Sol, ocorrida em 2005.

Alguns plantadores de arroz que foram retirados da região a partir de 2009, como Nelson Itikawa, dizem nunca ter recebido a indenização pela propriedade da qual foi desalojados. "Essa e uma tentativa de reabrir a discussão sobre essa questão que nao esperávamos que fosse ser tão traumática", disse Nelson Itikawa.

Convocada pela Assembleia Legislativa, a partir de requerimento do deputado Mecias de Jesus (sem partido), a audiência vai reabrir o debate sobre um dos temas mais polêmicos das últimas três décadas em Roraima

Para quem não lembra, a partir de 2005, quando a homologação da Raposa Serra do Sol foi assinada pelo então presidente Lula da Silva (PT), houve cenas de revolta por produtores de arroz como Paulo César Quartiero (hoje deputado federal pelo DEM), que comandou um movimento de resistência onde foi usado de barricatas para obstruir estradas e mesmo explosivos, num confronto aberto com a Policia Federal.



Estou acompanhando a audiência e devo postar mais textos e fotos sobre este assunto a qualquer momento.

Enviado via iPhone
Luiz Valério

Sou Jornalista e blogueiro. Há 20 anos cubro o mundo político, boa parte desse tempo escrevendo em blogs na Web. Moro em Roraima há 15 anos. Já desenvolvi vários projetos na área do jornalismo. Apaixonado por tecnologia, tenho especialização na Área. Agora nos encontramos por aqui.

No Comment to " Raposa Serra do Sol - audiência pública discute revisão de homologação "

Obrigado por comentar aqui no blog
Os comentários neste blog são livres, sem moderação.
Aviso, no entanto, que ofensas, palavrões ou quaisquer expressões racistas ou discriminatórias serão apagadas sumariamente.
Para quem comentar com responsabilidade, este espaço estará sempre aberto. Críticas e sugestões para o autor serão bem-vindas.

OBS: Os comentários dos leitores não refletem necessariamente a opinião do autor do blog.