Reforma Política: relatório deve ser apresentado à Comissão este mês

By Luiz Valério segunda-feira, 1 de agosto de 2011
O relatório sobre a proposta de Reforma Política em tramitação com Congresso Nacional deve ser apresentando este mês de agosto na Comissão Especial da Reforma Política pelo deputado Henrique Fontana (PT-RS). Bastante aguardado pela sociedade, o parecer tem como um dos principais pontos principais a instituição do financiamento público das campanhas eleitorais. 

Com o financiamento público das campanhas eleitorais, se pretende evitar a influência do poder econômico nas campanhas, que pode resultar em crimes como o caixa dois. 

Caso seja instituído o financiamento público, serão alocados recursos no Orçamento da União para serem divididos entre os partidos na época das campanhas. A partir de então ficariam proibidas doações privadas, fazendo com que os partidos possam competir em condições de igualdade.

Um dos defensores desse mecanismo é o deputado Luiz Couto (PT-PB). Ele argumenta que acabaram com o showmício, com os outdoors, mas o dinheiro continua aí rolando a torto e a direito. Segundo o parlamentar, não é mais possível continuar fazendo de conta que se deseja uma reforma política sem se pretender fazer mudanças reais no sistema eleitoral brasileiro.

Luiz Valério

Sou Jornalista e blogueiro. Há 20 anos cubro o mundo político, boa parte desse tempo escrevendo em blogs na Web. Moro em Roraima há 15 anos. Já desenvolvi vários projetos na área do jornalismo. Apaixonado por tecnologia, tenho especialização na Área. Agora nos encontramos por aqui.

No Comment to " Reforma Política: relatório deve ser apresentado à Comissão este mês "

Obrigado por comentar aqui no blog
Os comentários neste blog são livres, sem moderação.
Aviso, no entanto, que ofensas, palavrões ou quaisquer expressões racistas ou discriminatórias serão apagadas sumariamente.
Para quem comentar com responsabilidade, este espaço estará sempre aberto. Críticas e sugestões para o autor serão bem-vindas.

OBS: Os comentários dos leitores não refletem necessariamente a opinião do autor do blog.