Tags:

O leitor fala

By Luiz Valério segunda-feira, 5 de setembro de 2011
O leitor Wanderson, comentou o post sobre a discordância do Procurador Geral do Ministério Público a respeito da PEC que trata do plano de carreira e remuneração dos procuradores do estado. A sua análise é bastante coerente. Por isso resolvi destacá-la em forma de post. Confira:

"Caro Luiz, concordo em grau e número com o Ilustre Procurador Geral, pois esse corporativismo tem que acabar, sempre os legisladores tem beneficiado os profissionais de Direito, exemplo temos os Delegados que criaram dentro da Policia Civíl uma carreira separada, apenas para benefício próprio. Quero destacar, se for possível você fazer um levantamento de quanto um Procurador ganhava quando foram nomeados os primeiros em 2004 com o que ganham hoje, e as demais carreiras de todos os níveis do Estado. Você vai ver que tirando os profissionais registrados no CREA que foram beneficiados absurdamente, somente os Delegados e Procuradores receberam aumentos e beneficios absurdos. 
Para concluir, podemos citar o caso do aumento no orçamento do judiciário federal que está em conflito com o executivo, pois em meio a crise na economia mundial querem um aumento fora da fo cntexto atual. Obrigado pelo espaço Luiz".

E você, o que pensa a respeito? Participe do blog também!

Marcadores:

Luiz Valério

Sou Jornalista e blogueiro. Há 20 anos cubro o mundo político, boa parte desse tempo escrevendo em blogs na Web. Moro em Roraima há 15 anos. Já desenvolvi vários projetos na área do jornalismo. Apaixonado por tecnologia, tenho especialização na Área. Agora nos encontramos por aqui.

No Comment to " O leitor fala "

Obrigado por comentar aqui no blog
Os comentários neste blog são livres, sem moderação.
Aviso, no entanto, que ofensas, palavrões ou quaisquer expressões racistas ou discriminatórias serão apagadas sumariamente.
Para quem comentar com responsabilidade, este espaço estará sempre aberto. Críticas e sugestões para o autor serão bem-vindas.

OBS: Os comentários dos leitores não refletem necessariamente a opinião do autor do blog.