Tags:

Tem festa na floresta

By Luiz Valério domingo, 11 de setembro de 2011
Desenvolvimento sustentável é uma das expressões mais usadas dos últimos tempos. Muitas empresas e organizações usam essas duas palavras apenas para fazer marketing, com o objetivo de se mostrar ecologicamente correta. Mas práticas sustentáveis e realmente preocupadas com o meio ambiente poucas levam a efeito. Fica só na conversa bonita.

Faço esse preâmbulo para falar de um evento que vai acontecer no próximo final de semana, no sul do estado. Os habitantes daquela aprazível região de Roraima vão estar inseridos nos dias 15, 16 e 17 num dos eventos mais bacanas já realizados por aquelas bandas nos últimos anos. Falo do I Festival da Floresta, que tem a chancela  e o selo de qualidade do Sebrae, mas que conta com vários outros parceiros como governo, prefeituras, universidades, instituições finaceiras, etc.

E por que eu digo que este será um dos eventos dos mais importantes que já se realizou no Sul do estado nos últimos anos. Simplesmente porque os motivos da sua realização e o seu apelo são extremamente positivos. Preservação e conservação ambiental são mais do que palavras da moda, devem ser um compromisso diário para o nosso próprio bem. Além de ser também palavrinhas mágicas para se obter financiamentos para projetos que podem mudar a vida de comunidades inteiras.

O I Festival da Floresta pretende, por exemplo, despertar na sociedade a consiência para importância de se valorizar e preservar o meio ambiente. E mais: objetiva incentivar e instrumentalizar as comunidades da floresta a utilizarem os recursos oferecidos gratuitamente pela natureza para gerar emprego e renda de uma forma sustentável, responsável.

Para atingir sua finalidade, o evento pretende:
  • Promover a exposição e comercialização de produtos florestais obtidos de forma racional no Estado de Roraima e em outras regiões da Amazônia;
  • Fortalecer a gestão de cadeias produtivas florestais por comunidades indígenas e não indígenas do estado;
  • Desenvolver ações integradas de educação ambiental junto à comunidade de São João da Baliza;
  • Incentivar a produção de pratos à base de produtos florestais, valorizando a culinária regional;
  • Demonstrar as vantagens econômicas, ambientais e sociais propiciadas pelo manejo florestar de uso múltiplo.
Tudo isso sem se falar no incentivo à cultura e aos artistas locais, pois haverá espaço para a apresentação de bandas e artistas locais como Neuber Uchôa, RPA (de São João da Baliza), Johnny Maneiro (Boa Vista), Mr. Jungle (Boa Vista) e Rolling Bones (Boa Vista).

Haverá também palestras sobre assuntos científicos, que tem ligação direta com o meio ambiente, como é o caso do sequestro e quantificação de carbono. O palestrante desse tema será o professor Carlos Sanquettta, da Universidade Federal do Pará (UFPR). Esse é um tema novo e que estará sendo debatido com as comunidades da floresta do sul de Roraima. No último dia do evento os participantes do Festival vão plantar árvores para compensar a emissão de gases na atmosfera, durante os dias do evento. Muito bom mesmo.

Se o tempo e os compromissos permitirem, eu estarei lá. E você?

Como se pode ver, o evento será muito legal.

Marcadores:

Luiz Valério

Sou Jornalista e blogueiro. Há 20 anos cubro o mundo político, boa parte desse tempo escrevendo em blogs na Web. Moro em Roraima há 15 anos. Já desenvolvi vários projetos na área do jornalismo. Apaixonado por tecnologia, tenho especialização na Área. Agora nos encontramos por aqui.

No Comment to " Tem festa na floresta "

Obrigado por comentar aqui no blog
Os comentários neste blog são livres, sem moderação.
Aviso, no entanto, que ofensas, palavrões ou quaisquer expressões racistas ou discriminatórias serão apagadas sumariamente.
Para quem comentar com responsabilidade, este espaço estará sempre aberto. Críticas e sugestões para o autor serão bem-vindas.

OBS: Os comentários dos leitores não refletem necessariamente a opinião do autor do blog.