Deputado Jânio Xingu faz novo discurso e “dá nome aos bois”

By Luiz Valério quinta-feira, 3 de novembro de 2011
Depois da polêmica causada pelas suas declarações da terça-feira, o deputado Xingu voltou à tribuna e abriu o verbo

O discurso de terça-feira, 1º de novembro, do deputado Jânio Xingu, causou polêmica na imprensa roraimense, devido a uma distorção nas suas afirmações que levou o Sindicato dos Jornalistas de Roraima (Sinjoper) a veicular uma nota de repúdio contra o parlamentar. Ao subir à tribuna na terça-feira, Xingu disse que a denúncia feita pelo ex-colaborador do PSDB, Gerson Denz, teria o dedo de “um determinado gabinete” que tem sob seu comando “uma quadrilha composta por jornalistas, advogados e delegado”.

[Quem tiver dúvidas se foi isso mesmo que ele disse, requera, via ofício, cópia da gravação e da ata da sessão de terça-feira da Assembleia Legislativa]. Mas a história foi repassada ao Sinjoper de forma enviesada, o que motivou a nota de repúdio divulgada pela entidade ainda na noite de terça.

Pois bem. Hoje o deputado Jânio Xingu voltou a usar a tribuna para cumprir a sua promessa de dar nome aos bois. O parlamentar citou nominalmente os profissionais que ele qualificou em seu primeiro discurso como “quadrilheiros”. Xingu disse que o ex-secretário de Comunicação da Assembleia, o jornalista JR. Rodrigues, encabeça a equipe e disse que ele é dado a fazer “traquinagens e armações”.

Xingu disse que ele e os deputados Rodrigo Jucá (PMDB), Célio Wanderley (DEM) e Aurelina Medeiros (PSDB) já foram vítimas de “armações” que tinham por objetivo prejudicar a sua imagem. O deputado citou ainda o nome de profissionais que participariam das tais armações. Seriam os também jornalistas Wirismar Ramos, que edita o blog e o jornal impresso Fato Real, e também Amílcar Júnior. Os três estão lotados no gabinete do deputado Mecias de Jesus e na liderança do grupo oposicionista, que tem Mecias como líder.

Ouça o que disse o deputado Xingu em entrevista a este jornalista-blogueiro:


O deputado afirmou que “as armações não vão mais ficar impunes”. Xingu usou outros adjetivos que eu não vou reproduzir aqui. “Se o recado [as supostas armações] é para eu me calar, eu aviso que não vão conseguir. Se continuarem com as armações eu vou fazer um discurso aqui nessa tribuna que vai ser lembrado daqui há 30 anos”, ameaçou.

A deputada Aurelina Medeiros também observou que os profissionais citados por Xingu não são contratados como jornalistas, mas que estão agindo de forma a prejudicar os deputados. Brito Bezerra, parlamentar da oposição, disse que ao ter feito uma denúncia genérica na terça-feira, o deputado Xingu deixou aberta a porta para a repercussão negativa que suas afirmações obtiveram na imprensa e junto ao Sindicato dos Jornalistas de Roraima. Xingu justificou que ao usar o termo "quadrilheiros" não se referiu os jornalistas de uma forma geral, mas aos profissionais que ele nominou no discurso de hoje.

AMEAÇA RECHAÇADA 

A forma como Xingu se referiu ao discurso “abala quarteirão” que poderá fazer deixou os deputados de situação e oposição de cabelo em pé e foi tomada como uma ameaça. “As coisas aqui não estão caminhando bem. O senhor está fazendo uma acusação grave. Se continuarmos nos atacando uns aos outros nós vamos destruir esse poder”, afirmou o presidente da Assembleia Legislativa, deputado Chico Guerra (PSDB), ao mesmo tempo em que reconheceu que Xingu está sendo “injustiçado e perseguido”.

OUTRO LADO

O jornalista Amilcar Júnior se defendeu das afirmações do deputado Jânio Xingu, dizendo que o parlamentar “é desqualificado” para fazer tal denúncia. De acordo com o Amílcar Júnior, “o deputado foi preso em 2008 na chamada ‘Operação Anopheles’, da Polícia Federal, junto com outras dez pessoas sob acusação de desvio de recursos”. A operação investigava o desvio de recursos destinados ao combate à malária no município de Mucajaí. Xingu diz que essas denúncias não são verdadeiras.

Luiz Valério

Sou Jornalista e blogueiro. Há 20 anos cubro o mundo político, boa parte desse tempo escrevendo em blogs na Web. Moro em Roraima há 15 anos. Já desenvolvi vários projetos na área do jornalismo. Apaixonado por tecnologia, tenho especialização na Área. Agora nos encontramos por aqui.

No Comment to " Deputado Jânio Xingu faz novo discurso e “dá nome aos bois” "

Obrigado por comentar aqui no blog
Os comentários neste blog são livres, sem moderação.
Aviso, no entanto, que ofensas, palavrões ou quaisquer expressões racistas ou discriminatórias serão apagadas sumariamente.
Para quem comentar com responsabilidade, este espaço estará sempre aberto. Críticas e sugestões para o autor serão bem-vindas.

OBS: Os comentários dos leitores não refletem necessariamente a opinião do autor do blog.