Deputado Soldado Sampaio dez que oposição vive crise de identidade e sofre com briga de egos

By Luiz Valério quinta-feira, 24 de abril de 2014
O deputado Soldado Sampaio (PC do B) faz um discurso nesse momento na Assembleia Legislativa afirmando que seu grupo político vive uma crise existencial e sofre com uma guerra de egos internamente.

De acordo com Sampaio, nem o grupo seu grupo nem o grupo governista tem um projeto de desenvolvimento para Roraima. 

Sampaoo disse que a oposição ainda não definiu quem será seu candidato ao governo. Afirmou que a Senadora Ângela Portela (PT) está apática quanto à decisão de disputar o governo.

"Nosso grupo ainda não decidiu quem vai disputar o governo e quem será seu candidato ao Senado. Não se sabe será Ângela Portela ou Neudo Campos (PP) quem vai disputar o governo. Não está definido se o candidato a senador pela oposição será Neudo ou Telmario Mota (PDT). Isso é muito ruim", enfatizou.

Soldado Sampaio disse, no entanto, que quem quer que sejam os candidatos ao governo ou ao Senado ele/ela contará com seu apoio. "Existe uma briga de egos na oposição e é preciso definir quem vão ser os nossos candidatos majoritários", queixou-se.

O parlamentar também criticou o grupo governista, afirmando que ele está fomentando um monopólio político em Roraima que será prejudicial para o estado. 

"Estarei no palanque de oposição ao PSB, PMDB e PSDB porque eu sou contra o monopólio. O senador Romero Jucá é o todo poderoso de Roraima. O grupo que está no poder domina a política e a comunicação aqui no estado", criticou.

Luiz Valério

Sou Jornalista e blogueiro. Há 20 anos cubro o mundo político, boa parte desse tempo escrevendo em blogs na Web. Moro em Roraima há 15 anos. Já desenvolvi vários projetos na área do jornalismo. Apaixonado por tecnologia, tenho especialização na Área. Agora nos encontramos por aqui.

Um comentário to ''Deputado Soldado Sampaio dez que oposição vive crise de identidade e sofre com briga de egos"

ADD COMMENT

Obrigado por comentar aqui no blog
Os comentários neste blog são livres, sem moderação.
Aviso, no entanto, que ofensas, palavrões ou quaisquer expressões racistas ou discriminatórias serão apagadas sumariamente.
Para quem comentar com responsabilidade, este espaço estará sempre aberto. Críticas e sugestões para o autor serão bem-vindas.

OBS: Os comentários dos leitores não refletem necessariamente a opinião do autor do blog.