Jucá volta a defender CPI ampla para livrar a barra do governo

By Luiz Valério segunda-feira, 14 de abril de 2014
O senador Romero Jucá (PMDB-RR) explicou ontem num programa de rádio da Equatorial FM, de sua propriedade, o parecer de sua autoria favorável que determina a instalação da CPI da Petrobras de forma ampla incluindo também a investigação no caso do metrô de SP e do Porto de Suape.

Como integrante da base governista no Senado, ele defende uma CPI ampla que investiguem questões ligadas aos tucanos e ao governador Eduardo Campos.

Jucá entende que a essa altura e diante de tantos indícios de irregularidades publicados pela imprensa nacional, não dá mais para evitar a CPI, mas defende que ela seja ampla e abarque outras questões.

“O Ministério Público e a Polícia Federal já estão investigando e, portanto o Congresso deve fazer a CPI, porque já existem 27 assinaturas, e se tem fato determinado, tem que acontecer a CPI. O meu parecer foi aprovado na CCJ e aponta que deve investigar todo e qualquer fato que tenha realmente indícios de irregularidades”, afirmou.

Segundo o senador, ainda esta semana o meu parecer deverá ser votado no Senado e em seguida os líderes deverão indicar os membros e vão instalar o funcionamento da Comissão. A Petrobras precisa ser investigada porque é um patrimônio dos brasileiros. 
Luiz Valério

Sou Jornalista e blogueiro. Há 20 anos cubro o mundo político, boa parte desse tempo escrevendo em blogs na Web. Moro em Roraima há 15 anos. Já desenvolvi vários projetos na área do jornalismo. Apaixonado por tecnologia, tenho especialização na Área. Agora nos encontramos por aqui.

No Comment to " Jucá volta a defender CPI ampla para livrar a barra do governo "

Obrigado por comentar aqui no blog
Os comentários neste blog são livres, sem moderação.
Aviso, no entanto, que ofensas, palavrões ou quaisquer expressões racistas ou discriminatórias serão apagadas sumariamente.
Para quem comentar com responsabilidade, este espaço estará sempre aberto. Críticas e sugestões para o autor serão bem-vindas.

OBS: Os comentários dos leitores não refletem necessariamente a opinião do autor do blog.