O plenário da Assembleia Legislativa ficou completamente lotado hoje pela manhã por ex-policiais e familiares de ex-policiais do ex-Território de Roraima, que foram cobrar dos deputados a aprovação da PEC 004/2014 que incorpora essas pessoas aos quadros da administração estadual.

A PEC 004 é similar à PEC 111, que esta semana foi aprovada no Senado e insere nos quadros da União mais de oito mil servidores dos ex-Territórios de Roraima e Amapá.

O autor da PEC 004, deputado Jânio Xingu (PSL), diz estar confiante na possibilidade de aprovação da proposta, assim como aconteceu com a PEC 111 no Congresso Nacional.

“Como a PEC 111 foi aprovada em Brasília, creio que a PEC 004/2014 também será aprovada aqui nesta Casa. Esses policiais merecem voltar ao quadro administrativo do Estado. São pais de famílias que já contribuíram muito com a segurança em Roraima”, disse Xingu.

Deputado Gabriel Picanço (PRB) - foto acima -, presidente da Comissão Especial que estuda a matéria, também acredita na viabilidade da aprovação. Ele diz que os deputados estaduais serão sensíveis à situação desses ex-policiais civis.

“Eu acredito que meus colegas deputados vão aprovar essa matéria, pois ela não criam um ônus tão grande assim para o estado. No mais, são policiais que têm uma folha de serviço prestado ao estado. Eu vou pedir ao governador Chico Rodrigues que, se essa PEC for aprovada aqui na Assembleia, ele a execute, pois são pessoas que merecem o reconhecimento do governo”, afirma.

O relator da PEC 004/2011 é o deputado estadual Coronel Gerson Chagas, do PRTB.
Luiz Valério

Sou Jornalista e blogueiro. Há 20 anos cubro o mundo político, boa parte desse tempo escrevendo em blogs na Web. Moro em Roraima há 15 anos. Já desenvolvi vários projetos na área do jornalismo. Apaixonado por tecnologia, tenho especialização na Área. Agora nos encontramos por aqui.

No Comment to " Deputados defendem aprovação de PEC que enquadra ex-policiais do ex-Território de Roraima aos quadros do Estado "

Obrigado por comentar aqui no blog
Os comentários neste blog são livres, sem moderação.
Aviso, no entanto, que ofensas, palavrões ou quaisquer expressões racistas ou discriminatórias serão apagadas sumariamente.
Para quem comentar com responsabilidade, este espaço estará sempre aberto. Críticas e sugestões para o autor serão bem-vindas.

OBS: Os comentários dos leitores não refletem necessariamente a opinião do autor do blog.