Browsing "Older Posts"

Impeachment – Votação terá inicio pela Região Norte

By Lucion Oliveira → sexta-feira, 15 de abril de 2016
“Em nova decisão, lida em Plenário pelo 1º secretário da Câmara, deputado Beto Mansur (PRB-SP), o presidente da Casa, Eduardo Cunha, reviu a ordem de chamada dos deputados a ser adotada no próximo domingo (17) durante a análise, em Plenário, do pedido de abertura de processo de impeachment contra a presidente da República, Dilma Rousseff, por crime de responsabilidade.
A nova decisão determina que os deputados serão chamados para declarar oralmente seus votos a favor ou contra o pedido começando por um estado da Região Norte e, em alternância, seguido por um estado da Região Sul e vice-versa, continuando-se assim, sucessivamente, passando pelos demais estados.
A ordem de chamada dos estados será a seguinte: Roraima, Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Amapá, Pará, Paraná, Mato Grosso do Sul, Amazonas, Rondônia, Goiás, Distrito Federal, Acre, Tocantins, Mato Grosso, São Paulo, Maranhão, Ceará, Rio de Janeiro, Espírito Santo, Piauí, Rio Grande do Norte, Minas Gerais, Paraíba, Pernambuco, Bahia, Sergipe e Alagoas. Dentro de cada estado, a chamada de deputados será feita por ordem alfabética.”

(Com Agências)

STF nega cinco ações que contestavam votação do impeachment

By Lucion Oliveira →
Após sete horas de sessão, o Supremo Tribunal Federal (STF) negou na madrugada desta sexta-feira (15) cinco ações contestando a votação do pedido de abertura de processo de impeachment da presidenta Dilma Rousseff, previsto para domingo (17).  A sessão começou às 18h dessa quinta-feira (14) e terminou à 1h desta sexta-feira.
Por maioria de votos, os ministros rejeitaram ação do PCdoB e dos deputados Weverton Rocha (PDT-MA) e Rubens Pereira Júnior (PcdoB-MA) para anular as regras definidas pelo presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (PMDB-RJ).  Os ministros Teori Zavascki, Rosa Weber, Luiz Fux, Carmen Lúcia, Gilmar Mendes e Celso de Mello divergiram do relator, Marco Aurélio, por entenderem que não houve ilegalidade na interpretação do regimento interno da Casa por parte de Cunha.
A maioria dos ministros também decidiu manter em tramitação na Câmara dos Deputados o processo de impeachment.  A Corte rejeitou pedido liminar da Advocacia-Geral da União (AGU) para anular o processo.
Ao final de sessão, o presidente do Supremo, ministro Ricardo Lewandowski, disse que a Corte não fechará as portas para “analisar a tipificação dos crimes de responsabilidade” do impeachment. Segundo, o ministro, o STF poderá analisar se a presidenta praticou crime de responsabilidade.

(Agência Brasil)

Canto a esperança de um novo mundo

By Lucion Oliveira → terça-feira, 12 de abril de 2016
Cacá Araújo recebeu apoio da juventude à sua pré-candidatura a prefeito do Crato pelo PCdoB, durante Plenária da UJS (União da Juventude Socialista) no Cariri, dia 9 de abril, na EEEP Raimundo Saraiva Coelho, em que se debateu conjuntura nacional e políticas públicas para a juventude.

O encontro teve participação de Sarah Cavalcante (presidente estadual da UJS Ceará), Willamy Macêdo (presidente da ACES - Associação Cearense de Estudantes Secundaristas), Bruna Garcia (presidente da UJS Juazeiro), Artur Lima (UJS Juazeiro), Stálin Araújo (UJS Crato) e diversas outras lideranças estudantis caririenses.
Criação de comitês de jovens contra o golpe, em defesa da democracia e em favor de maiores avanços sociais e políticos - esta a tarefa maior assumida pela juventude socialista.
"Nos bancos das escolas e universidades, no cotidiano do trabalho das fábricas e repartições, nas periferias, no duro ofício de lavrar a terra, nas praças, ruas, palcos, quartéis, campos, praias e festas dizemos: Presente!" (Manifesto da UJS)
Assessoria de Comunicação
PCdoB/Crato-CE