Uma leitura do posicionamento da imprensa a respeito da denúncia contra Temer

By Luiz Valério quarta-feira, 28 de junho de 2017


A chamada grande imprensa brasileira está dividida quanto ao teor da denúncia apresentada na segunda-feira (26) pelo procurador-geral da República, Rodrigo Janot, contra o presidente Michel Temer, acusado de corrupção. Para parte da imprensa (Estadão) a denúncia de Janot é “não acrescenta nada ao que já havia sido tornado público com o vazamento da delação de Joesley” enquanto para outra parte (O GLOBO) “as provas sustentam uma denúncia sólida”.

Os artigos e editoriais dos ‘jornalões’ brasileiros mostram bem a divisão de opiniões e o posicionamento político de cada um deles. O Estado de São Paulo, por exemplo, demonstra ser favorável à permanência de Temer no cargo e tenta minizar a denúncia de Janot.

Articulistas de O GLOBO preveem a queda de Temer dentro de muito pouco tempo. O Estadão, pelo que se depreende dos seus editoriais, querem sua continuidade no cargo.

Para o Estadão, a denúncia do procurador-geral é “inepta”. Segue um trecho do editorial do jornal paulistano desta quarta-feira (28): “O resultado do generoso prêmio dado ao empresário Joesley Batista por sua delação envolvendo o presidente Michel Temer é uma denúncia inepta”.

o jornal O GLOBO tem sido o mais crítico ao governo Temer e o principal veículo brasileiro a publicar denúncias contra o presidente. Foi o jornal carioca quem primeiro publicou as gravações da conversa de Joesley Batista que culminaram na denúncia contra Temer: Diz O GLOBO: “Somadas, as provas sustentam uma denúncia sólida contra Temer.”

Por sua vez, a Folha de São Paulo em edutorial intitulado "A agonia de Temer" diz que “Se não acrescentou ao caso elementos essenciais que já não pertencessem ao conhecimento público, a denúncia formulada contra o presidente ampara-se em fatos graves o bastante para desacreditar o governo”. Sim, fatos graves. Gravíssimos. Em qualquer país de políticos sérios, Temer já teria renunciado, assim como os políticos denunciados pela Lava Jato estariam presos.

Mas enquanto a imprensa se posiciona, quem ainda se mantém apática é a população que assiste a esse mar de denúncias com cara de paisagem sem se manifestar. Enquanto isso, a vida política nacional segue ‘surfando’ na sua onda lamacenta de corrupção.

Luiz Valério

Sou Jornalista e blogueiro. Há 20 anos cubro o mundo político, boa parte desse tempo escrevendo em blogs na Web. Moro em Roraima há 15 anos. Já desenvolvi vários projetos na área do jornalismo. Apaixonado por tecnologia, tenho especialização na Área. Agora nos encontramos por aqui.

No Comment to " Uma leitura do posicionamento da imprensa a respeito da denúncia contra Temer "

Obrigado por comentar aqui no blog
Os comentários neste blog são livres, sem moderação.
Aviso, no entanto, que ofensas, palavrões ou quaisquer expressões racistas ou discriminatórias serão apagadas sumariamente.
Para quem comentar com responsabilidade, este espaço estará sempre aberto. Críticas e sugestões para o autor serão bem-vindas.

OBS: Os comentários dos leitores não refletem necessariamente a opinião do autor do blog.