Justiça condena servidora pública a devolver R$ 11 mil aos cofres do estado

By Luiz Valério segunda-feira, 17 de julho de 2017
O Tribunal de Justiça de Roraima condenou a servidora Rosa Rodrigues a devolver R$ 11 mil ao estado
A justiça de Roraima condenou Rosa Rodrigues Costa pela prática de improbidade administrativa. O motivo da condenação foi o fato de ela ter recebido Vale Solidário indevidamente na condição de servidora pública. Rosa Rodrigues terá que devolver aos cofres públicos o valor de um pouco mais R$ 11 mil e deverá pagar multa civil correspondente à metade deste valor. Ela também foi condenada à perda da função pública que estiver ocupando, bem como a suspensão dos direitos políticos por cinco anos.

A ação que resultou na condenação de Rosa Rodrigues foi movida pelo Ministério Público do Estado de Roraima (MPRR). No texto da ação consta a servidora pública se beneficiou irregularmente do programa do Governo do Estado mantido pela Secretaria do Trabalho e Bem Estar Social (Setrabes), no montante de mais R$ 11 mil.

O juiz Luiz Alberto de Morais Júnior, da 2ª Vara da Fazenda Pública, diz que Rosa Rodrigues Costa teve seu benefício cessado em 4 de julho de 2009, depois de visita e reavaliação de seu perfil promovida pela Setrabes, logo depois de ser encaminhado ofício pelo Ministério Público quanto às possíveis irregularidades. “A requerida foi citada e intimada para se defender, porém não apresentou defesa e nem contestação escritas” concluiu o juiz.
Luiz Valério

Sou Jornalista e blogueiro. Há 20 anos cubro o mundo político, boa parte desse tempo escrevendo em blogs na Web. Moro em Roraima há 15 anos. Já desenvolvi vários projetos na área do jornalismo. Apaixonado por tecnologia, tenho especialização na Área. Agora nos encontramos por aqui.

No Comment to " Justiça condena servidora pública a devolver R$ 11 mil aos cofres do estado "

Obrigado por comentar aqui no blog
Os comentários neste blog são livres, sem moderação.
Aviso, no entanto, que ofensas, palavrões ou quaisquer expressões racistas ou discriminatórias serão apagadas sumariamente.
Para quem comentar com responsabilidade, este espaço estará sempre aberto. Críticas e sugestões para o autor serão bem-vindas.

OBS: Os comentários dos leitores não refletem necessariamente a opinião do autor do blog.