Nova situação jurídica de Jalser pode reacender movimento pelo impeachment de Suely

By Luiz Valério terça-feira, 22 de agosto de 2017
Jalser foi beneficiado pela decisão do STF que anulou sua decisão condenatória e o tornou ficha limpa
A decisão do STF que livrou o deputado Jalser Renier (SD) das garras da justiça muda completamente o cenário político em Roraima. Jalser, que já vinha fazendo reuniões com políticos de diversos matizes, inclusive ex-deputados e ex-vereadores de Boa Vista, projetando uma possível candidatura ao Governo de Roraima, tende a acelerar esse processo. O G16 certamente fará coro uníssono por uma candidatura sua ao Palácio Senador Hélio Campos.

Pouco tempo depois de o deputado Coronel Chagas (PRTB) discursar informando sobre a decisão do STF que anulou a sentença condenatória de Jalser, já se ouvia burburinhos pelos corredores da Assembleia Legislativa segundo os quais "agora o impeachment de Suely sai".

A questão é a seguinte: nos últimos meses, Jalser renovou seu pedido de afastamento temporário da presidência da Assembleia várias vezes. A pecha de "presidente presidiário", da qual ele está livre agora, o incomodava sobremaneira.

Agora o jogo virou e Jalser não só não poderá mais ser chamado de preso da justiça - ainda que a decisão do STF seja bastante questionável - como ganhou condição para assumir o governo sem nenhum constrangimento, segundo o pensamento de alguns deputados.

Mesmo quando ainda estava na condição de deputado presidiário, Jalser não parou de articular um só instante tentando viabilizar apoio para o seu sonho de ser candidato. Uma vez beneficiado pela decisão da Corte Suprema, a tendência é que essas articulações se intensifiquem.

O G16 se recusa a apoiar uma possível candidatura de Teresa ao governo. A antipatia a essa possibilidade é tão grande que tem deputado do grupo que chegou a afirmar que prefere apoiar a reeleição de Suely do que dar seu apoio a Teresa. Pasmem! Jalser é, segundo o deputado George Melo (PSDC), o grande líder do grupo e um nome a ser estudado para uma possível candidatura ao cargo máximo do estado.

No mais, os parlamentares que defendem o impeachment de Suely Campos agora devem dar pilha a Jalser para que dê andamento no processo, pois ele é, segundo a Constituição, o segundo na linha sucessória da governadora, uma vez que o vice-governador Paulo César Quartiero (DEM) já sinalizou com a possibilidade de renúncia para ver Suely fora do cargo.

Assim sendo, não será nenhuma surpresa se nos próximos dias tivermos Assembleia Legislativa sacudida pela decisão de tocar o processo de impeachment de Suely.

Aguardemos para conferir.
Luiz Valério

Sou Jornalista e blogueiro. Há 20 anos cubro o mundo político, boa parte desse tempo escrevendo em blogs na Web. Moro em Roraima há 15 anos. Já desenvolvi vários projetos na área do jornalismo. Apaixonado por tecnologia, tenho especialização na Área. Agora nos encontramos por aqui.

No Comment to " Nova situação jurídica de Jalser pode reacender movimento pelo impeachment de Suely "

Obrigado por comentar aqui no blog
Os comentários neste blog são livres, sem moderação.
Aviso, no entanto, que ofensas, palavrões ou quaisquer expressões racistas ou discriminatórias serão apagadas sumariamente.
Para quem comentar com responsabilidade, este espaço estará sempre aberto. Críticas e sugestões para o autor serão bem-vindas.

OBS: Os comentários dos leitores não refletem necessariamente a opinião do autor do blog.