As belezas do Tepequém e a promessa não cumprida de Suely

By Luiz Valério segunda-feira, 16 de outubro de 2017
A RR 203 está em estado lastimável. Em agosto a governadora Suely Campos prometeu recuperar a estrada, mas até agora, nada foi feito - Foto: Roraima em Tempo
É impressionante como os sucessivos governantes de Roraima fazem promessas que nunca são cumpridas. Lembro-me bem que o ex-governador José de Anchieta (PSDB) prometeu investir pesado na construção de infraestrutura que transformaria a Vila do Tepequém num lugar espetacular para turistas. Até hoje nada foi feito.

Mais recentemente, no mês de agosto último, a governadora Suely Campos (PP), ao participar da 12ª edição da Festa do Milho do Amajari, fez cena assinando uma ordem de serviço para a recuperação da RR 203, estrada que liga a sede do município à Vila Tepequém, garantindo que as obras começariam ainda naquela semana. Suely disse que o processo licitatório para a contratação das máquinas estava na reta final. Passados mais de dois meses, não foi colocada uma grama sequer de asfalto na rodovia.

E quantas outras promessas de se levar melhorias para o Tepequém não foram feitas ao longo das últimas décadas não foram feitas por governadores como Ottomar Pinto, Neudo Campos, Flamarion Portela, José de Anchieta, Chico Rodrigues? Tudo conversa fiada. Lorota que sai da boca de políticos que têm como principal característica blefar e enganar os incautos eleitores.

Neste final de semana fui mais uma vez ao Tepequém, acompanhando familiares que vieram do Rio Grande do Norte para conhecer as belezas de Roraima. Junto com meus cunhados, fui mostrar a exuberância, as cachoeiras, a paisagem de tirar o fôlego vista de cima da serra para os visitantes. No entanto, para se chegar até lá fomos obrigados a enfrentar o retrato do descaso de décadas. O resultado de promessas feitas e jamais cumpridas: a buraqueira infindável e perigosa da RR 203.

A estrada está em estado lastimável. Assim como a BR 174, a rodovia mais parece uma peneira tantos são os buracos gigantescos nela contidos. No caso da RR 203, se a ordem de serviço já foi assinada, porque a obra não começou? Hoje pela manhã, despachei um pedido de resposta à Secretaria de Comunicação Social do Governo pedindo algumas respostas. É curioso como os governantes acham que ainda conseguem enganar o povo com promessas vãs.

Tepequém é um lindo cartão postal, um lugar de belezas naturais incomuns que poderia render dividendos para toda aquela região se fosse criada uma infraestrutura capaz de acolher bem os turistas e das às condições necessárias de trabalho aos empresários do setor. No entanto, de promessa em promessa, o tempo vai passando e as dificuldades de acesso ao local só aumentam, dada a inércia do poder público. Lamentável!

Luiz Valério

Sou Jornalista e blogueiro. Há 20 anos cubro o mundo político, boa parte desse tempo escrevendo em blogs na Web. Moro em Roraima há 15 anos. Já desenvolvi vários projetos na área do jornalismo. Apaixonado por tecnologia, tenho especialização na Área. Agora nos encontramos por aqui.

No Comment to " As belezas do Tepequém e a promessa não cumprida de Suely "

Obrigado por comentar aqui no blog
Os comentários neste blog são livres, sem moderação.
Aviso, no entanto, que ofensas, palavrões ou quaisquer expressões racistas ou discriminatórias serão apagadas sumariamente.
Para quem comentar com responsabilidade, este espaço estará sempre aberto. Críticas e sugestões para o autor serão bem-vindas.

OBS: Os comentários dos leitores não refletem necessariamente a opinião do autor do blog.