Governo constrói ponte em São Luiz cujo metro custou R$ 9 mil

By Luiz Valério domingo, 1 de outubro de 2017
Apesar da placa falar na reconstrução de pontes, foi reconstruída apenas uma ponte da vicinal 22 de São Luiz, cujo valor do metro saiu a quase R$ 9 mil - Foto: Luiz Valério
O Governo de Roraima construiu uma ponte de madeira de cerca de 20 metros na Vicinal 22 de São Luiz ao custo de R$ 175.425,38. Esse valor corresponde a R$ 8.772,26 por metro construído, o que parece muito caro, principalmente se for levado em consideração que a ponte foi feita com madeira reaproveitada, conforme constatou este blogueiro.

Na mesma vicinal onde foi contratado e pago certamente o metro de ponte mais caro de Roraima, existem outras seis pontes estragadas que precisam ser recuperadas.

Isso não é tudo. Há ainda a situação de trafegabilidade lastimável da vicinal, que é percorrida com bastante dificuldade pelos agricultores lá estabelecidos. A vicinal está que é só buraco e lama.

Os agricultores ouvidos por este blogueiro se perguntam o porquê de se construir apenas uma ponte, se existe pelo menos meia dúzia de outras na mesma situação precária em que a que foi refeita se encontrava.

“Essa estrada está toda esburacada. Todos os dias somos obrigados a trafegar por aqui com dificuldade. Quem anda de moto, como eu, ainda consegue passar sem muito esforço. Mas quem trafega de carro é muito prejudicado. Curioso mesmo é saber que existem tantas pontes danificadas lá na frente e o governo só construiu uma e por um preço tão alto. Não dá para entender como essas coisas funcionam”, disse um agricultor da região.

De acordo com a Secretaria Estadual de Infraestrutura (Seinf), a reconstrução da ponte teve início no mês de Julho de 2016, o que pode ser o motivo da aparência já desgastada da madeira, devido às intempéries. A Comunicação do Governo disse que “seria necessária uma perícia minuciosa para comprovar se houve uso da madeira reaproveitada”.

Sobre o valor de cerca de R$ 9 mil para o metro de ponte, a Seinf afirmou que esse é o custo para as pontes feitas no padrão do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Denit), onde todas as peças estruturais são de 30cm x 30cm (antes era 20cm x 20cm), além da implantação de melhorias como os guarda corpos e guarda rodas mais reforçados visando a segurança dos usuários.

“O preço da madeira, que é o insumo mais usado na reconstrução da ponte (corresponde a 85 % do custo da obra), está muito cara, chegando, atualmente, a custar até R$ 1.600,00 o m³, sem contar o frete”, diz a nota enviada a este jornalista. A Seinf disse que os custos estão dentro da média adotada para este tipo de serviço.

O governo justificou ainda que apenas esta ponte da vicinal 22 foi reconstruída por “ter sido a única que estava totalmente destruída, impedindo o tráfego na rodovia. As demais ainda estavam em boas condições de uso”.

A secretaria afirmou ainda que não existe previsão para a recuperação da vicinal. “A Seinf vai providenciar o levantamento para que seja feito o projeto, tanto da rodovia quanto das demais pontes”, diz a nota enviada pela assessoria da Seinf.
Luiz Valério

Sou Jornalista e blogueiro. Há 20 anos cubro o mundo político, boa parte desse tempo escrevendo em blogs na Web. Moro em Roraima há 15 anos. Já desenvolvi vários projetos na área do jornalismo. Apaixonado por tecnologia, tenho especialização na Área. Agora nos encontramos por aqui.

No Comment to " Governo constrói ponte em São Luiz cujo metro custou R$ 9 mil "

Obrigado por comentar aqui no blog
Os comentários neste blog são livres, sem moderação.
Aviso, no entanto, que ofensas, palavrões ou quaisquer expressões racistas ou discriminatórias serão apagadas sumariamente.
Para quem comentar com responsabilidade, este espaço estará sempre aberto. Críticas e sugestões para o autor serão bem-vindas.

OBS: Os comentários dos leitores não refletem necessariamente a opinião do autor do blog.