FITERT e Sindicato dos Radialistas lamentam sequestro e agressões de senador a Romano dos Anjos

Entidades que defendem os direitos dos jornalistas em nível local e nacional se solidarizaram com o jornalista Romano dos Anjos, da TV Record/Imperial, que foi vítima de sequestro na noite de segunda-feira (26 de outubro). Entre essas entidades estão a Federação Nacional dos Radialistas ( FITERT) e o Sindicato dos Radialistas do Estado de Roraima, que lamentou as “falas levianas e irresponsáveis do Senador Telmário Mota, em grupos sociais, que desmerecem a vítima, minimizam a gravidade do fato e tentam politizar o mesmo como uma fraude”.

Romano dos Anjos teve sua casa invadida por três homens encapuzados e foi sequestrado. Depois de passar mais de 12 horas desaparecido, foi encontrado amarrado e com fraturas nos dois braços, numa área rural no entorno de Boa Vista.

“Reafirmamos nossa posição em favor da verdade, e contra toda e qualquer forma de violência e tentativa de coação ao nosso trabalho de informar e denunciar a bem da moral e do interesse público. Portanto repudiamos veementemente as falas levianas e irresponsáveis do Senador Telmário Mota, em grupos sociais, que desmerecem a vítima, minimizam a gravidade do fato e tentam politizar o mesmo como uma fraude”, diz a nota conjunta da FITERT e do Sindicato dos Radialistas.

A nota continua: “Repudiamos também sites, blogs e páginas em rede sociais que se utiliza desse tipo de “jornalismo” que julga, desmerece, injuria, ofende e debocha dos fatos, entre outras atitudes que só desmerecem a classe e o trabalho do jornalista em todas as suas áreas de atuação e mídias”. “A nossa responsabilidade é de informar e denunciar em favor da democracia”.

Leia a íntegra da nota conjunta da FITERT e do Sindicato dos Radialistas de Roraima:

NOTA DE REPÚDIO

A Federação Nacional dos Radialistas – FITERT e o Sindicato dos Radialistas do Estado de Roraima, se solidarizam com o colega jornalista e radialista, apresentador do programa “Mete Bronca” e “Rádio Verdade,” Romano dos Anjos e sua família. O Jornalista foi vítima de sequestro e tortura na noite do dia 26 e encontrado na manhã desta terça-feira, 27.

Reafirmamos nossa posição em favor da verdade, e contra toda e qualquer forma de violência e tentativa de coação ao nosso trabalho de informar e denunciar a bem da moral e do interesse público. Portanto repudiamos veementemente as falas levianas e irresponsáveis do Senador Telmário Mota, em grupos sociais, que desmerecem a vítima, minimizam a gravidade do fato e tentam politizar o mesmo como uma fraude.

Argumentos que não se sustentaram diante da realidade e da violência sofrida pelo jornalista, que teve seus membros superiores quebrados. Esse tipo de comportamento não condiz com a condição de um representante do povo e tampouco com o código de ética da Casa que representa, nem com a ética da sociedade que o elegeu.

Repudiamos também sites, blogs e páginas em redes sociais que se utiliza desse tipo de “jornalismo” que julga, desmerece, injuria, ofende e debocha dos fatos, entre outras atitudes que só desmerecem a classe e o trabalho do jornalista em todas as suas áreas de atuação e mídias.

Não apoiamos, não queremos e não merecemos esse tipo de jornalismo que não seja em favor da credibilidade e do respeito. Aos colegas que se aventuram nessa profissão, que respeitem o profissionalismo e o nosso compromisso com a verdade; e os políticos inconsequentes, a nossa responsabilidade com a democracia. A nossa responsabilidade é de informar e denunciar em favor da democracia.

Boa Vista 27 de outubro de 2020

Envie sua sugestão de pauta para o Blog


Conversar no WhatsApp

#Fitert #SequestrodeJornalistas #CasodePolícia #AgressãocontraJornalista #Roraima #SindicatodosJornalistas

0 visualização0 comentário

Receba nossas atualizações

  • Ícone do Facebook Branco
  • Ícone do Twitter Branco

© 2021 Blog do Luiz Valério. Uma publicação da Verbo Digital Comunicação e Marketing. Todos os direitos reservados.