Jhonatan de Jesus protocola pedido de abertura de CPI do Apagão do Amapá

O deputado federal Jhonatan de Jesus (Republicanos-RR) junto com a deputada federal Aline Gurgel (Republicanos-AP) protocolaram nesta terça-feira, 24, um pedido de criação de uma CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito), para investigar o apagão energético ocorrido no estado do Amapá.

De acordo com o parlamentar, diante da situação de calamidade pública em que se encontra o Amapá se faz necessário haver uma investigação criteriosa para sejam identificados os culpados pelo incidente, que atingiu 13 dos 16 municípios daquele estado desde o último dia 3 de novembro.

“A situação ficou insustentável e vem acarretando inúmeros prejuízos à população. Somente nesta terça-feira [24], a energia nos 13 municípios afetados pelo apagão foi 100% restabelecida. É preciso investigar a fundo todos os fatos ocorridos”, alegou o deputado para justificar o pedido de CPI.

Jhonatan de Jesus disse ainda que a abertura de uma CPI, além de poder chegar aos verdadeiros culpados pelo apagão, também servirá para que futuros casos semelhantes não ocorram em outros entes da Federação.

“Roraima, assim como o Amapá enfrenta problemas com o abastecimento de energia, tendo todo o seu sistema feito por termelétricas, que além de serem poluentes tornam a energia do nosso estado uma das mais caras do país. Precisamos encontrar alternativas para que não ocorra o mesmo que aconteceu no Amapá”, alertou.

Ouça nossos podcasts

Direto ao Ponto – A crônica bem-humorada da política roraimense

Macuxicast – A cultura, a arte e os costumes da gente amazônida em evidência

Ressarcimento

O senador Mecias de Jesus (Republicanos-RR) há dias tem se manifestado com relação ao problema ocorrido no Amapá. Nesta terça-feira, o parlamentar usou seu Twitter para criticar a Medida Provisória editada pelo presidente Jair Bolsonaro, que isenta os amapaenses do pagamento da conta de energia durante o período em que ocorreu o apagão.

Segundo o parlamentar, essa isenção é injusta pois será paga por todos os brasileiros, quando a responsabilidade da compensação tem que ser das empresas geradoras e distribuidoras de energia no Amapá.

“O ideal é a Câmara dos Deputados aprovar com urgência o PL 5.187/2020 do senador Lucas Barreto, que eu relatei no Senado e, imediatamente, ser sancionado pelo presidente da República, dando assim a responsabilidade aos verdadeiros culpados”, twitou.

Envie sua sugestão de pauta para o Blog


Conversar no WhatsApp

#EnergianoAmapá #BlogdoLuizValério #JhonatandeJesus #PolíticaNacional #ApagãonoAmapá

0 visualização0 comentário

Receba nossas atualizações

  • Ícone do Facebook Branco
  • Ícone do Twitter Branco

© 2021 Blog do Luiz Valério. Uma publicação da Verbo Digital Comunicação e Marketing. Todos os direitos reservados.