Ministério Público denuncia homem que matou ex-companheira, em Caroebe

O Ministério Público do Estado de Roraima denunciou à Justiça, nesta segunda-feira, 19 de outubro, Claudinei Bastos da Silva, de 27 anos, por ter matado a ex-companheira, Hellen Méury da Silva Oliveira, que tinha 24 anos. 

O crime foi praticado no último dia 06 de setembro deste ano, em Caroebe, no sul do Estado. De acordo com a Denúncia oferecida pelo Promotor de Justiça de São Luiz, Felipe Hellu Macedo, Hellen e o denunciado conviveram por quatro anos e tiveram dois filhos.

Durante o período conjugal, Hellen foi agredida por várias vezes. Mesmo depois do término da relação, Claudinei ainda a ameaçava e agredia, chegando a descumprir medidas protetivas concedidas pelo Judiciário.

Na madrugada em que o crime foi cometido, Hellen estava com alguns amigos efamiliares, em um estabelecimento comercial da cidade.

“Quando a vítima resolveu ir embora, Claudinei se aproximou do veículo em que ela estava (no banco da frente do passageiro), tentou beijá-la e, sendo negado o beijo, passou, repentinamente, a esfaqueá-la, ainda dentro do carro. As facadas atingiram o peito, o coração, a mão e o pé da vítima”, narra trecho da Denúncia.

O MPRR denunciou Claudinei por homicídio praticado por motivo torpe e, utilizando recurso que dificultou a defesa da vítima. Em caso de condenação, a pena pode variar de 12 a 30 anos de prisão. 

Claudinei, que conseguiu fugir no dia do crime, continua foragido.

Com informações da Assessoria de Comunicação no Ministério Público de Roraima


Conversar no WhatsApp

#FeminicídioemCaroebe #Caroebe #ViolênciacontraaMulher #CasodePolícia #MinistérioPúblico

0 visualização0 comentário

Receba nossas atualizações

  • Ícone do Facebook Branco
  • Ícone do Twitter Branco

© 2021 Blog do Luiz Valério. Uma publicação da Verbo Digital Comunicação e Marketing. Todos os direitos reservados.