Romano dos Anjos é encontrado em estado de choque e com os braços quebrados, na região do Bom Intent

Depois de passar a noite desta segunda-feira (26 de outubro) desaparecido, após ser vítima de sequestro, o jornalista Romano dos Anjos, da TV Imperial/Record, de Boa Vista, foi encontrado pela polícia, na manhã desta terça (27), amarrado, com os dois braços quebrados e em estado de choque. Ele estava na região do Bom Intento, próximo ao Igarapé Carrapato.

Romano teve sua casa invadida por três homens encapuzados no momento em que ele e sua esposa jantavam, na noite de ontem. Os homens amarraram a esposa do jornalista e o sequestraram, fazendo uso do seu veículo, um Fiat Mobi. Logo, a polícia foi acionada e saiu no encalço dos sequestradores.

Por volta das 22h desta segunda, a polícia encontrou o carro do jornalista, incinerado próximo numa área às margens da BR 174, no sentido Pacaraima. O celular de Romano do Anjos teria sido encontrado em outra área do bairro Caranã, no outro extremo da cidade, conforme informações repassadas em grupos de WhatsApp.

Por volta das 8h30 da manhã desta terça-feira, após intensas buscas que percorreram toda a madrugada, Romano dos Anjos foi encontrado amarrado, na região do Bom Intento. Ele foi encontrado em estado de choque e com os dois braços quebrados. Imediatamente, o serviço de socorro de urgência foi acionado para prestar atendimento ao jornalista.

Pela madrugada, um grupo de jornalistas e profissionais de imprensa fizeram vigília e se revezaram nas buscas pelo colega de profissão. O caso foi tratado com muito zelo e profissionalismo por todos, que evitaram disseminar notícias e informações desencontradas.

Com informações da Rádio Roraima

Envie sua sugestão de pauta para o Blog


Conversar no WhatsApp

#BoaVista #PolíciaMilitar #Roraima #SequestrodeJornalista #RomanodosAnjos

0 visualização0 comentário

Receba nossas atualizações

  • Ícone do Facebook Branco
  • Ícone do Twitter Branco

© 2021 Blog do Luiz Valério. Uma publicação da Verbo Digital Comunicação e Marketing. Todos os direitos reservados.